Algum lugar do Planeta

Viagens pelo mundo


2 Comentários

Como funciona o estorno do IVA no Uruguai

uruguai 098

Para quem não sabe o Uuguai está devolvendo o IVA (imposto sobre valor agregado) para quem pagar com cartão estrangeiro. Mais detalhes no Viaje na Viagem.

Mas na prática, como funciona? Eles te dão desconto na hora, o valor é estornado depois? Pois bem, vou mostrar os exemplos aqui de como funcionou comigo.


cartao_uruguai-001

Nesses 2 exemplos acima um ele diz que aplica a devolução de IVA pois não tem o número da fatura, no segundo ele diz que se aplica a devolução pois há o número da fatura, na minha fatura do cartão de crédito tanto um como o outro devolveram 18% do valor cobrado.

Porém há coisas que nem tem a possibilidade de aplicar a devolução de IVA como nesse outro exemplo abaixo.

cartao_uruguai-002

Essa é a compra de uma passagem de ônibus e não há a mensagem falando da devolução do IVA.

O que me deixou confusa foi que na minha fatura vieram 2 tipos de estornos, esses que eu mostrei no primeiro comprovante com o nome do próprio estabelecimento e o crédito correspondente e apareceu também Estorno Custo de IOF que somando todos não chegaram a R$2,00, ou seja, acho que não tem nada a ver com a devolução do IVA.

Fato é, se você quer escapar do IOF só compensa pagar com cartão restaurantes, até mesmo quando eles não colocam o número da fatura na hora de passar o cartão o IVA vem descontado, foi o que aconteceu comigo. Para passagens de ônibus, hotel, supermercados não há o desconto de IVA.

Ainda tenho que receber a fatura do outro cartão de crédito, assim que chegar e tiver algo diferente posto aqui.


1 comentário

Bodega Bouza – Montevideo

uruguai 295-001

Eu achava que qualquer taxista saberia chegar lá, não é bem assim. Pedimos um taxi no hotel e rumamos para lá, mas o taxista se perdeu, não sabia bem como chegar lá e por isso perdemos a hora! A visita estava marcada para às 16h, devemos ter chego umas 16h20 e a visita já estava rolando. Chegamos quando o “guia” apresentava a adega que fica no subsolo do local da produção do vinho.

Bom, vou ser bem sincera a partir daqui gente, eu confesso que não prestei atenção em uma palavra do guia, por vários motivos: a acústica do local era ruim, o guia falava em inglês e o sotaque dele era estranho e o principal motivo o guia é o homem mais charmoso e lindo que eu já vi na vida, não conseguia prestar atenção em nada do que ele falava, só conseguia admirar a beleza dele. Depois dessa adega visitamos a coleção de carros do Sr. Bouza (que pra mim é um monte de carros bonitinhos e nada mais) e fim, fomos para o restaurante para a degustação. Se você quiser saber mais detalhes sobre a visita veja os links abaixo…

O homem lindo que me tirou do sério, eu sei a foto não tá boa, não dá pra ver.

O homem lindo que me tirou do sério, eu sei a foto não tá boa, não dá pra ver.

A degustação que fizemos foi de 4 vinhos, um branco Chadornnay, um rosé, e dois tintos um Tannat sem barrica e um Merlot, se não me engano. Adoro vinhos, adoro conhecer e saber mais sobre eles, mas eu vinha de noitadas em Punta del Este e eu não estava conseguindo assimilar muita coisa (olha que a idade faz com a gente), lembro das minhas opiniões sobre os vinhos, o branco eu gostei bastante era bem forte e encorpado para um vinho branco, o rosé, eu não gostei, achei que ele não tinha personalidade, era fraco demais pra ser um tinto e forte demais pra ser um branco, provavelmente achei isso por que não entendo nada de vinho rosé, os 2 tintos eram bem bons. Lembro que a sommelier disse que a safra de 2011 foi a melhor safra de uvas Tannat da vida isso por conta da distribuição da chuva ao longo do ano, não choveu muito e o pouco que choveu foi bem disperso e por isso ajudou na qualidade da uva e consequentemente do vinho. Comprei vinhos da Bodega no freeshop do Uruguay, gostaria de ter procurado mais em Montevideo, mas não deu tempo…

Os 4 vinhos degustados.

Os 4 vinhos degustados.

Depois da degustação o guia nos levou ao local de fabricação do vinho e nos mostrou e explicou a parte que perdemos da visita. Ele mostrou onde as uvas são inicialmente processadas e por onde elas passam antes de irem descansar nas barricas de carvalho.

uruguai 265

Depois ainda pedi para dar uma olhada nas uvas no pé…

uruguai 278 uruguai 272

O que eu mais gostei nessa visita foi o guia mais gato do mundo o local, tudo é muito lindo e perfeito, o restaurante, os vinhedos, a área externa ao restaurante, o prédio que parece uma igreja mas na verdade é onde eles fabricam o vinho e eu batizei de “Igreja Universal do Reino de Baco”, é tudo muito bonito e perfeito e o dia lindo que estava fazendo fez tudo ficar mais sensacional ainda.

A minha "Igreja Universal do Reino de Baco"

A minha “Igreja Universal do Reino de Baco”

uruguai 251 uruguai 259 uruguai 246 uruguai 316 uruguai 311 uruguai 291

Super recomendo a visita e fiquei com muita vontade de voltar a Montevideo só para visitar mais vinícolas, essa amostrinha me deixou sonhando com mais vinhos.

A visita com degustação custou 500 pesos uruguaios, pagando com cartão tem o desconto do IVA que vem na fatura do seu cartão. Para chegar lá fomos de taxi a partir do hotel (em Pocitos) saiu 500 pesos uruguaios, mas se você for fazer  o mesmo imprima as indicações do site e dê para  motorista, deve ajudar… Para voltar a Lu Malheiros fez o que eu pretendia fazer, pegar um taxi até a Plaza Colon e de lá um ônibus até Pocitos, mas eu tive a sorte de pegar uma carona com o guia até o hotel… 😀

Mais sobre a Bodega Bouza: http://www.bodegabouza.com

Links sobre a visita à Bodega Bouza: http://brincandodechef.com.br/bodega-bouza-um-otimo-passeio-em-montevideu

http://www.vivendovinhos.com/2012/04/especial-uruguai-almocando-na-bodega.html

http://www.vinhoseviagens.com.br/2011/05/vinhos-do-uruguai-parte-ii-vinicolas/

http://www.meusroteirosdeviagem.com/2012/07/vinicola-bodega-bouza-montevideu.html

http://www.diariodebaco.com.br/index.php/2012/04/um-giro-pelo-uruguai-bodega-bouza/


Deixe um comentário

Hotel Palm Beach – Montevideo

Escolhi esse hotel pelo Hoteis.com e me arrependo, não pelo hotel, mas pelo fato de ter pago tudo de uma vez pelo cartão no ato da reserva.

O grande inconveniente desse hotel foi que o ar condicionado do hotel inteiro estava quebrado! Nenhum funcionava, nem no hall, eles providenciaram ventiladores para os quartos, mas no dia 24/12 foi o dia mais quente da vida de Montevideo, ficar sem ar condicionado foi uma verdadeira tortura. E pior, os quartos só tinham aquelas janelas basculantes que abrem apenas uma fresta, ou seja, o quarto não ficava fresco, nunca!

Por isso se eu não tivesse pago tudo de uma vez na reserva poderia reclamar na hora do check-out e pedir pelo menos um desconto. Pelo menos aqui no Brasil quando faço isso funciona! hehehe

No mais, o café da manhã é passável, mas sem frutas, quarto pequeno banheiro idem. Hotel aparentemente novo e bem cuidado. A localização é bem boa (Jaime Zudañez), 1 quadra da praia de Pocitos e ônibus na esquina para a Ciudad Vieja e terminal rodoviário  Tres Cruces.uruguai 239 uruguai 240 uruguai 241


Deixe um comentário

Punta del Este

Foram 2 dias e meio em Punta del Este poderia ficar mais, mas a cidade é bem cara, mas vale a pena o passeio com toda certeza.

Na quinta à tarde quando chegamos fomos dar um passeio pelas ramblas da península, para nossa surpresa o Itaú empresta bicicletas por 3 horas de graça para seus clientes, basta apresentar o cartão, eles fazem uma pré-aprovação no valor de 200 pesos uruguaios e quando você devolve a bicileta eles cancelam. Eu vi pontos para pegar as bicicletas em 2 locais da península, o ruim desse sistema é que você tem que pegar a bicicleta e entregar no mesmo local.

uruguai 023 uruguai 025

Depois do passeio de bicicleta pela península fomos ver o pôr-do-sol, olha só a hora que fomos ver o pôr-do-sol.

uruguai 046

Tinha lido que Punta del Este tinha o pôr-do-sol mais lindo do mundo e é bem verdade… Aqui no Brasil não temos muitos lugares para ver o sol se por no mar e com lugares perfeitos para poder assistí-lo, lá qualquer lugar é lugar para ver o sol se por…

uruguai 058

Pôr-do-sol na rambla Gral Artigas em Punta del Este.

Tomamos um clericó no bar do hotel e decidimos ir ao Conrad, um dos cassinos da cidade, acho que o maior.

Foi a primeira vez minha e da Bibiana num cassino, não tinha muita gente e apesar de não ter ganho nada em momento algum achei divertido, rende boas risadas e alguma empolgação se você ganha alguma coisa, mas ir uma vez só foi o suficiente.

Conseguimos fazer uma foto dentro do cassino!

Conseguimos fazer uma foto dentro do cassino!

No dia seguinte fomos no Museu do Mar, pegamos o ônibus na rodoviária para La Barra e descemos logo depois das pontes onduladas e andamos 1,5km. Eu não dava muita coisa para o Museu, mas me surpreendi tem várias coisas da história da região de punta e todo o litoral, animais empalhados, ossadas de  baleias, é bem interessante, a entrada custa uns 18 reais, não é muito barato, mas achei que valeu a pena.

uruguai 111 uruguai 116 uruguai 110

Voltamos pra Punta, almoçamos, curtimos um pouco a praia Brava pertinho dos dedos e seguimos para ver o pôr-do-sol na Casapueblo.

uruguai 097

Fomos de ônibus, descemos na Ruta e pedimos carona para chegar até a Casa Pueblo. Quando estava lá não acreditei que fossem só os 1,5km que nos disseram, acabei de calcular no google earth e é isso mesmo, apesar do ônibus ser super barato 47 pesos uruguaios (na ida) a volta é complicada pois você tem que ficar lá na pista esperando passar um ônibus para te levar de volta. Não recomendo ir de ônibus, sei que ir de taxi é caríssimo, mas não vi se tem vans ou algo parecido.

uruguai 169uruguai 172

No dia seguinte aproveitamos  a praia Brava onde estava acontecendo um campeonato de surf e assistimos o pôr-do-sol acompanhadas de uma taça de vinho! Como sempre muito lindo!

uruguai 222


Deixe um comentário

Uruguai – Roteiro

bandeira_do_uruguai1

Minha amiga Bibiana teria 1 semana de folga durante o Natal e queria companhia pra viajar e perguntou se eu tava afim. Claro! A primeira opção era Colombia – Bogotá e Cartagena das Índias, mas como as  passagens nas datas que a minha amiga podia tinham preços absurdos tivemos que mudar de planos. Sugeri Chile e Argentina (Santiago e Mendoza) e ela também achou as passagens caras, então sugeri Uruguai e ela topou.

Resolvemos fazer 4 dias (incluindo a chegada) em Punta del Este e 4 dias (incluindo a saída) em Montevideo. Passando o Natal em Montevideo  e indo dia 25 para Colonia, já que tudo dizia que em Montevideo não teria nada aberto.

Pois bem, eu fui 1 dia antes pra conseguir usar as minhas milhas e minha amiga chegava no dia seguinte.

Seguimos para Punta direto do aeroporto de Montevideo, são 2 horas de viagem, 190 pesos uruguaios e ônibus com wi-fi.

Ficamos quinta, sexta, sábado e domingo cedo em Punta, partimos às 11h15 para Montevideo. Domingo (tarde), segunda, terça, quarta e quinta (cedo) em Montevideo. A chuva no dia 25 cedo acabou atrasando nossa ida para Colonia del Sacramento e acabamos passando mais tempo na estrada do que na cidade, mas mesmo assim valeu a pena.