Algum lugar do Planeta

Viagens pelo mundo


1 comentário

Vietnã – Halong Bay

Visitar o Vietnã e não ir a Halong Bay é algo que não existe, essa é a principal atração turística do país com toda a certeza e vale a pena, o lugar é simplesmente incrível. Mas vá no verão! Eu fui no fim do inverno início da primavera e achei ótimo, mas quero voltar no verão a paisagem sempre fica mais linda e empolgante com o céu azul e sol quentinho!

vietnam 355

Acho que o sudeste asiático é o lugar mais preparado que existe pra turista, eles tem tudo praticamente pronto para o turista, você pode chegar lá sem reserva nenhuma de nada e duvido que você passe algum aperto. Sempre vai ter uma agência, um hostel, uma van, um grupo para fazer o que você quiser.

No caso de Halong Bay eu tirei a seguinte conclusão: se for no inverno como eu, o tour de 1 dia basta, eu fiz o de 2 dias 1 noite, mas  achei que foi um pouco demais por que o tempo não ajuda, mas se você pegar um barco legal talvez seja mais interessante.

Eu peguei o pacote do hostel que fiquei em Hanoi, o Central Backpackers Hostel e foi bem fraquinho, o barco não é lá grande coisa (esperava mais), a comida bem fraquinha e até certo ponto regulada e a única pessoa da tripulação que falava inglês era o guia. Chuviscou ou choveu o tempo todo, então ficar do lado de fora do barco para apreciar a paisagem nem sempre era uma boa ideia.

vietnam 371

Paguei US$80 nesse tour e se soubesse que era tão meia boca teria pago mais em um melhor, tudo bem, economizei pra quando for no verão! hehehe Não sei qual a agência que fez meu tour, é impossível saber, são tantos barcos, tantas vans levando e trazendo gente que não tem como saber, por exemplo no meu micro ônibus de Hanoi para Halong Bay só eu e mais um americano fizemos o tour de 2 dias as outras pessoas todas estavam fazendo o tour de 1 dia e eram de outros hotéis. A única referência que posso passar é que eu comprei esse tour no hostel que fiquei e nem adianta perguntar para eles qual a agência que eles falaram que não era uma agência e que eles mesmos organizavam o tour e talz,  balela, tem sempre uma agência por trás, só não consegui descobrir qual.

No Ásia de Mochila eles também não gostaram muito do tour que fizeram, eu achei melhor não seguir a dica deles de deixar pra fechar o tour em hanoi pois eu cheguei lá bem no meio do feriado do ano-novo, fiquei com receio de não conseguir lugar.

vietnam 490 vietnam 471 vietnam 458 vietnam 466 vietnam 414 vietnam 419


1 comentário

Cingapura

Marina Bay

Marina Bay

Falar de Cingapura é meio redundante quando se tem um site como o Guia de Cingapura a disposição. Lá tem praticamente tudo que você precisa quando for visitar a cidade. Estou aqui com meu pai que está trabalhando, então tô ficando bem mais tempo que um turista normalmente ficaria, na verdade tô usando como base para visitar outros países do sudeste asiático.

Cingapura é muito parecido com Hong Kong, o sistema de transportes, a mão inglesa… Mas os preços… Eita paisinho caro! Estadia em Hong Kong também é caro, mas o resto das coisas são mais acessíveis, Hong Kong é zona franca da China, total tax free, mas Cingapura não, até livro aqui é caro (coisa que eu achei que teria uns preços melhores que no Brasil já que eles valorizam a educação bem mais que no nosso país). O preço dos livros são bem parecidos com os do Brasil, difícil achar um livro por menos de R$25.

Aqui tem shopping que não acaba mais… Apesar dos preços caros as pessoas amam fazer compras aqui (talvez pra eles não seja tão caro como pra nós), eu acho que aqui tem tanto shopping porque andar ao ar livre é um calor insano e não tem praia como no Rio de Janeiro.

Coisas que eu achei que são imperdíveis de fazer:

  • Visitar a piscina do Marina Bay Sands, é só falar que vai no bar tomar uns drinks que você sobe de graça, não precisa pagar os S$20 e não precisa nem tomar drink se não quiser, eles não verificam isso. Só tome cuidado quando for de noite, eles tem um dress code, homens não sobem de bermuda nem chinelo. De dia acho que não tem problema.

cingapura 022

  • Visitar o Gardens by the Bay, eu me dei pro satisfeita passeando pelos jardins  de fora e pagando S$5 para subir na Super tree, nem fui nas estufas enormes que eles tem lá e que pagam para entrar. A super tree eu achei sensacional, tirei fotos bem legais.

cingapura 020

  • Comer em todos os tipos de “praças de alimentação” (os Hawker Foods e os Foods Courts) que você encontrar. Depois de um tempo eles ficam bem parecidos, mas é bem interessante. E são baratos, uma das poucas coisas baratas em Cingapura é a comida nessas praças de alimentação.
  • Passear uma noite de fim de semana no Clark Q, esse lugar está para balada assim como as praças de alimentação estão para comida, é um local com bar, balada e poucos restaurantes um  do lado do outro, de todos os tipos que você quiser, mesmo que você resolva não curtir uma balada lá acho que vale a pena ver o conceito, achei a ideia boa.

Acho que imperdível mesmo é isso o resto são coisas que você pode ver lá ou outro lugar, parque da Universal, zoológico, bondinho (cable car para chegar em Sentosa), jardim botânico. O oceanário deles é sensacional, mas esse foi o único aquário que eu fui na vida, então não tenho referências paa saber se é muito mais legal que os outros que tem por ai.